Resumo do livro Alice no País da Mentira, Por capítulos

Resumo do livro Alice no País da Mentira, Por capítulos

O resumo do livro Alice no País da Mentira serve para apresentar uma história que nos faz refletir sobre as consequências das mentiras. Apesar de ser uma obra infanto-juvenil, pessoas de todas as idades podem tirar algum ensinamento durante a leitura.

O livro foi publicado no ano de 2005 e faz referência a famosa obra de Lewis Carroll, Alice no País das Maravilhas. A seguir, a redação do Escritora de Sucesso traz todos os detalhes sobre o exemplar de Pedro Bandeira.

Resumo do livro Alice no País da Mentira

O resumo do livro Alice no País da Mentira traz questões que nos fazem refletir sobre nossas próprias ações. Como é voltada para o público infanto-juvenil, a obra é uma ótima opção para quem deseja soltar a imaginação e a criatividade.

O livro faz referência a obra de Lewis Carroll, mas nesse caso, a garota Alice explora os mundos da Mentira e da Verdade. Nas duas viagens, ela descobre coisas boas e ruins, incluindo todo tipo de mentiras e verdades.

Tudo isso começa quando o seu melhor amigo, Lucas, conta uma mentira sobre ela. Quando fica sabendo do ocorrido, Alice foge para o porão da casa de sua avó. Então, logo depois de dar um espirro em frente a um espelho, a garota entra no primeiro mundo.

No país da Mentira, Alice vê que nem todas as mentiras são iguais – e que nem todas podem ser consideradas cruéis. Em sua viagem, a garota encontra falsidades e enganações, além de mentiras inocentes e ingênuas.

Seguindo o mesmo raciocínio, no mundo da Verdade, Alice se depara com verdades benéficas, mas também com aquelas que não são tão boas de serem ditas. Nesse caso, uma sinceridade maléfica, por exemplo, pode ser tão ruim quanto uma mentira.

Quando a garota consegue voltar para o mundo real, ela acaba se encontrando com o seu amigo Lucas. Agora, como já sabe diferenciar os tipos de mentiras e verdades, Alice consegue entender toda a situação e, posteriormente, perdoa o garoto.

Veja também: Resumo do livro Alice no País das Maravilhas; veja capítulo por capítulo

Qual é a moral do livro Alice no País da Mentira

O livro Alice no País da Mentira nos faz refletir sobre diversas questões, incluindo a importância da comunicação, amizade e perdão. Nesse caso, a partir dessa leitura, é possível pensar em nossas próprias ações do dia a dia, como mentiras que foram contadas e verdades que devem ser mantidas.

Além de trazer tudo isso à tona, o livro mergulha em muitos assuntos que estão presentes na nossa rotina, como vida social, diversidade cultural e princípios morais.

Personagens de Alice no País da Mentira

A obra Alice no País da Mentira nos apresenta diversos personagens que, ao longo da narrativa, são importantes para a construção da história, bem como da protagonista. Além de Alice, também somos apresentados a:

  • Barão Mimi;
  • Boa Mentira;
  • Mentira Cabeluda;
  • Verdade Absoluta;
  • Lucas;
  • Bruxa da Dúvida;
  • Cozinheira Duquesa;
  • Filósofo Totó;
  • Sábio Didi.

Quem é Pedro Bandeira

Pedro Bandeira, nascido no ano de 1942, é um escritor brasileiro de obras voltadas para o público infanto-juvenil. Além do livro apresentado neste post, Bandeira já fez muitos sucesso com a sua obra A Droga da Obediência (1984), com a qual conseguiu conquistar diversos prêmios pelo país.

Em 1961, o escritor se mudou para São Paulo e começou a cursar ciências sociais na USP, concluindo sua graduação em 1965. Ainda na capital, Bandeira começou carreira no teatro, assumindo cargos de diretor, ator, cenógrafo, entre outros.

Então, no ano de 1972, Pedro Bandeira decidiu começar a escrever livros para crianças, esses que eram publicados em revistas de diversas editoras do país, como Rio Gráfica, Abril e Saraiva.

Depois de muita dedicação, Bandeira se consagrou como o escritor de livros infanto-juvenis que mais vende no território nacional. Dentre as obras de destaque do autor, podemos citar:

  • A Droga da Obediência (1984);
  • O Fantástico Mistério de Feiurinha (1986);
  • A Droga do Amor (1994);
  • O Grande Desafio (1996);
  • O Pequeno Fantasma (1998);
  • Alice no País da Mentira (2005);
  • As Cores de Laurinha (2019).

Qual é a importância de livros infanto-juvenis

Autores de livros infanto-juvenis são muito importantes dentro da sociedade, uma vez que as crianças também têm interesse na leitura e podem aprender muito sobre o mundo com essa prática.

Mesmo que pareça bastante simples, a literatura infantil consegue transmitir muitos ensinamentos para o público-alvo. A partir da leitura, a criança consegue soltar a imaginação e a criatividade, além de refletir sobre assuntos de sua realidade.

É através desses materiais que crianças e jovens adotam uma postura mais crítica, mesmo que seja de uma forma mais leve e dinâmica. Por conta disso, é essencial que os pais incentivem essa prática.

Considerando isso, livros como Alice no País da Mentira são fundamentais para o desenvolvimento de uma criança, principalmente aquelas que estão em fase de descobrir o mundo à sua volta.

Veja também: Resumo da obra Romeu e Julieta ─ de William Shakespeare

Larissa Rogenski

Graduanda do curso de Engenharia Química pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná, destaca-se também nas ciências humanas, complementando o time de redação do Escritora de Sucesso, publicando conteúdos relevantes diariamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *