Resenha do livro Quem Mexeu no Meu Queijo; entenda a parábola

Resenha do livro Quem Mexeu no Meu Queijo; entenda a parábola

Confira a resenha do livro Quem mexeu no meu queijo?, que é uma lição sobre a importância de mudar de atitude e saber aproveitar a jornada da vida. O Escritora de Sucesso compartilhou as informações sobre o assunto, a seguir.

Resenha do livro Quem Mexeu No Meu Queijo?

Quem mexeu no meu queijo? é uma parábola que busca levar a reflexão sobre o quão positivo pode ser mudar. Isso inclui qualquer aspecto dela, desde os da rotina aos amorosos e profissionais.

Com esse objetivo, o livro tem três partes e elas se complementam, pois Spencer Johnson quis mostrar como seria a aplicação das lições presentes na história. Então, a primeira e a terceira parte focam no encontro de um grupo de ex-colegas de turma.

Após alguns anos desde que estudaram juntos, eles estão se reunindo para lembrar das velhas histórias e saber como está a vida de cada um. Assim, um deles, Michael, é quem conta a parábola que é a segunda parte do livro.

Outros textos presentes no livro

Fora o enredo principal, a obra contém uma apresentação escrita pelo Ph.D. Kenneth Blanchard, amigo do autor. Além disso, há uma breve apresentação de Spencer Johnson no fim e trechos de depoimentos dos leitores da obra.

Perguntas e respostas sobre o livro Quem Mexeu no Meu Queijo

Já na segunda parte, o leitor encontra quatro personagens curiosos que vivem dentro de um labirinto e todos os dias saem para procurar queijo. Então, dois deles são os ratos Sniff e Scurry, criaturas que não pensam muito sobre as coisas, mas tomam atitudes rápidas.

Os outros dois são os duendes Hem e Haw, seres parecidos com os humanos, mas do mesmo tamanho que os ratos. Eles têm um pensamento mais complexo que o dos ratos, refletem muito e são apegados às suas crenças.

O Posto C

Todos eles vivem à procura de queijo até o belo dia em que encontram o Posto C, onde havia um enorme pedaço de queijo. Cada criatura toma atitudes diferentes em relação a esse achado.

Os duendes constroem casas ao redor do posto e guardam seus equipamentos de corrida, enquanto os ratos continuam com eles sempre ao alcance e correm todos os dias.

Esse cenário é perfeito, em especial para Hem e Haw, e isso dura até o dia em que o queijo some. Assim, é nesse momento em que a pergunta principal aparece no berro de chateação de Hem: Quem mexeu no meu queijo?.

O caminho até a mudança

A partir desse episódio trágico para os duendes, a narrativa se concentra na atitude de cada um dos quatro personagens e no que eles decidem fazer agora que o seu queijo acabou. Então, a atitude de cada um mostra os comportamentos humanos diante dos problemas.

Para Sniff e Scurry, não há o que pensar, se o queijo do Posto C acabou é hora de ir atrás de outro e enfrentar o labirinto. Já para Hem e Haw, a solução não parece ser tão simples assim.

Esse é ponto crucial da narrativa e a pergunta que o leitor encontra de forma implícita é: O que você faria se o seu queijo acabasse? Assim, esse queijo pode ser qualquer coisa da vida que traga segurança e conforto e que ninguém gostaria de largar.

Desse modo, os caminhos que Hem e Haw tomam são opostos. Após dias esperando sem que nada mudasse, o queijo não voltou, Haw decide enfrentar o labirinto e esse é o percurso mais difícil para a sua natureza e também é quando aprende mais lições.

Resenha do livro Quem mexeu no meu queijo? Lições para a vida

A cada dificuldade que Haw encontra no labirinto, ele consegue tirar uma lição de aprendizado essencial para continuar. Assim, ele vai escrevendo cada uma nas paredes do caminho na esperança de que seu amigo Hem encontre esse mapa e o siga um dia.

De certa forma, o Hem representa o leitor na história, logo esse guia também é útil para cada pessoa que encontre a obra. Por isso, para quem deseja mudar algo e, em especial, para quem acha que não precisa de mudanças, essa leitura é essencial.

Portanto, aproveite essa resenha do livro Quem mexeu no meu queijo? e o busque para transformar a sua visão de vida também.

Veja também: Resumo do livro Quarto de Despejo: Diário de uma Favelada

Kethlyn Bukner

Kethlyn Bukner

Co-produtora de conteúdos para o Escritora de Sucesso, estudante de Biomedicina, é apaixonada pelo universo digital e escreve para diversos portais.Contato - Michele Azevedo Redação (42) 999479661

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.