Uso do há ou a: Saiba como usar e exemplos em frases

Uso do há ou a: Saiba como usar e exemplos em frases

O uso do há ou a é o responsável por muitas dúvidas para quem está estudando ou precisa escrever. Então, se esse é o seu caso, saiba aqui como diferenciar os usos de cada um e não erre mais nos seus textos. O Escritora de Sucesso compartilhou as informações sobre o assunto, a seguir.

Saiba diferenciar o uso do há ou a

Na fala, é impossível perceber a diferença entre esses dois termos, já que o h não tem som nessa palavra. Mas na escrita elas não podem aparecer nos mesmos contextos, pois é um erro gramatical e causa prejuízo no sentido da frase.

Artigo a

O a, na maioria dos casos que causam essa dúvida, é um artigo. Em resumo, essa classe de palavras não possui sentido sozinho, por isso sempre está acompanhando um substantivo. Por exemplo: a casa, a rua, a mesa, a aula, a professora, a Ana e assim por diante.

Verbo haver

Já o há é um verbo que se refere a haver conjugado na terceira pessoa. Essa palavra pode ter sentido de existência, acontecimento ou indicação de tempo. Assim, os casos de dúvida do uso do há ou a aparecem quando são esses os sentidos.

Além dessa relação com o tempo, é importante lembrar que haver é um verbo impessoal nesse contexto, ou seja, não tem sujeito. Portanto, também não sofre variação de número nem de gênero.

Veja também: Junto ou separado: Dicas de português para não cometer erros!

Aprenda o uso do há ou a

Para saber quando uso há ou a, portanto, é necessário observar os sentidos das frases. Quando tiver o sentido de existir ou de tempo no passado, deve-se usar o há. Já quando for uma referência ao futuro ou qualquer outro contexto, use o a. A seguir, veja exemplos de como aplicar cada um da forma correta.

Exemplos do uso de há

Lembrando que ele é um verbo impessoal, fique atento tanto aos aspectos da sintaxe da frase quanto de sentido em cada uma.

Tempo passado

Observe que as orações abaixo não tiveram mudança de sentido com a troca de um verbo por outro, porque ele tem o mesmo significado nesse contexto.

Há dois anos que não vou mais à escola;
Faz dois anos que não vou mais à escola.

Sentido de existir

No exemplo abaixo, observe que a troca de um verbo por outro causou uma mudança sintática, pois com o há era uma oração sem sujeito. Mas usando o existem a oração passa a ter sujeito simples após o verbo.

Há formas mais fáceis para resolver esse problema;
Existem formas mais fáceis para resolver esse problema.

Observe no exemplo abaixo que o sentido da frase permaneceu o mesmo e não houve mudanças sintáticas. Isso porque o verbo ter no sentido de existir também é impessoal, assim como o há.

Há 10 cadernos que não uso mais na minha casa (sentido de existência);
Tem 10 cadernos que não uso mais na minha casa.

Veja exemplos do uso de a

Quando esse a funciona apenas como artigo ou preposição e não tem nenhum dos sentidos que você viu acima, o uso correto é sem acentuação e sem o h. Observe:

Minha casa fica a sete metros da escola;
Daqui a 10 anos quero estar com a vida organizada;
Não sei onde está a minha chave;
A entrada é perto da lanchonete;
Ensino a distância;
Amor a distância.

Pleonasmo no uso do há ou a

Uma situação muito comum tanto na escrita quanto na fala é repetir ou reforçar a mesma ideia em uma oração. No uso de há, em especial, poucas pessoas notam que está incorreto de acordo com a norma gramatical. Por isso, veja as diferenças:

Há sete anos atrás (incorreto);
Sete anos atrás (correto);
Há sete anos (correto).

Nas situações informais, diferenciar isso não é importante. Mas em comunicações escritas ou faladas que precisam de mais seriedade, você deve optar pelo uso do há ou a correto e evitar a repetição de ideias..

Diferencie o uso do há ou a e crase

O uso de há ou a e de crase causam muita confusão porque são muito parecidos na oralidade. Mas, como você já pôde perceber, cada um apresenta sentidos e segue regras diferentes uns dos outros. Portanto, estude também o uso da crase para melhorar sua escrita e não confundir mais.

Veja também: Quando uso crase: Regras, Em Horas, Antes de Pronome e Exemplos

Kethlyn Bukner

Kethlyn Bukner

Co-produtora de conteúdos para o Escritora de Sucesso, estudante de Biomedicina, é apaixonada pelo universo digital e escreve para diversos portais.Contato - Michele Azevedo Redação (42) 999479661

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.