Por que junto ou separado: Quando usar e aplicação em frases

Por que junto ou separado: Quando usar e aplicação em frases

Por que junto ou separado? Quer saber qual é a maneira correta de escrever? Veja as informações que a equipe do Escritora de Sucesso preparou para você!

Visto que a utilização correta dos porquês sempre é algo que gera bastante dúvida na hora de escrever, muitos optam pela utilização de uma única forma, seja ela escrita junto ou separado. Para usar corretamente, antes de mais nada saiba que há quatro porquês: porque, porquê, por quê, por que.

Por que junto ou separado: Quando usar?

Porque junto:

“Porque” será usado para as respostas e/ou explicações sobre algo ou causa.

Exemplo:

  • “Não fui para casa da minha avó porque ela não estava”
  • “Paula foi embora porque tinha outro compromisso”

Pode ser também substituído por algum sinônimo como por exemplo “pois”, “pelo motivo de” entre outros

Exemplo:

  • “João esqueceu de ir ao mercado para sua mãe, pois ficou brincando com Pedro na rua”
  • “Não participo mais do grupo pelo motivo de não ter tempo”

Por que separado e sem acento

Já o “por que” será usado tanto no início de frases como também no meio delas como forma interrogativa, quando uma pessoa faz uma pergunta de forma direta ou indiretamente, quando não é preciso a utilização de interrogação.

Exemplo:

  • “Por que Beatriz não envia uma mensagem para ela?”;
  • “Gostaria de saber por que foi pra casa sozinho”;

Assim, quando “por que” surge em meio da frase ele se torna um pronome relativo sendo a ligação entre as sentenças, ou seja, é uma forma de se referir sem precisar dividir as orações ou deixar algo muito repetitivo. Nesse caso, você pode usar “pelo qual” e “por qual” para substituição.

Exemplo:

  • “Rafael sabe o motivo pelo qual Júlia comprou o apartamento”
  • “Acho que sei por qual motivo Julia não comprou o apartamento”

Por quê separado e com acento:

Agora, o “por quê”, será incluído no final da frase como forma de pergunta ou um fato isolado, sendo usado após uma frase interrogativa ou exclamativa.

Exemplo:

  • “E Fernanda não viajou ontem, por quê?”
  • “É verdade que não vai mais ter show? Por quê?”

Porquê:

Por fim, temos “porquê” que é usado para explicar alguma razão ou motivo para algum acontecido.
Pode ocorrer que em algum momento ele seja confundido com o “porque” por aparentemente serem usados da mesma forma.

Exemplo:

  • “Ontem a noite teve muito barulho na rua, mas ninguém sabe o porquê”;
  • “Ela foi ao médico, mas ainda não sabem porquê ela está com febre”.

Frases com o uso dos porquês

  • “Não comprei porque estava sem dinheiro.”;
  • “Por que ela foi embora?”;
  • “Ninguém sabia por que elas estavam chorando”;
  • “Gabriela não gosta de banana? Por quê?”;
  • “Enfim, não entendi o porquê”;
  • “Não tem porquê você sair assim”.

Por que junto ou separado: Exercícios

Agora que você já sabe usar porque junto ou separado, treine o seu conhecimento com alguns exercícios, a seguir.

Complete:

a) Fernanda não atendeu o Paulo, ____ ele chegou atrasado na consulta.
b) ____ Vanessa está demorando?
c) Já sabe _____ Julia não quis jantar hoje?
d) Samara estava nervosa ____ ia a uma entrevista de emprego.
e) Tem certeza que ela disse isso? _____?

Quais termos, a seguir, estão corretos?

a) Porque é um termo usado para fazer perguntas.
b) Por quê é um termo usado no final da frase como forma de pergunta.
c) Porquê e porque significam a mesma coisa.
d) Por que se usa para explicar um motivo.
e) Porquê é o único que não se usa para fazer perguntas.

Gostou das dicas de como usar por que junto ou separado? Compartilhe suas respostas conosco nos comentários!

Michele Azevedo

Michele Azevedo

Idealizadora do Escritora de Sucesso, formada em Letras - Português/ Inglês, busca expandir o conhecimento de todos com informações relevantes sobre empreendedorismo digital, ideias de negócios, dicas de português e redação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *