Quando uso crase: Regras, Em Horas, Antes de Pronome e Exemplos

Quando uso crase: Regras, Em Horas, Antes de Pronome e Exemplos

Quando uso crase ─ Essa é uma das muitas dúvidas dos estudantes de língua portuguesa. Mas essa regra não é tão difícil quanto parece. Então, descubra como aplicar isso de forma muito simples a partir dos estudos das regras desse uso. Confira todas as dicas de português do Escritora de Sucesso!

Como saber quando uso crase?

Em primeiro lugar, entender quando uso crase faz parte de um estudo mais amplo com os conceitos básicos da gramática. Então, o artigo, a preposição, os verbos e sua regência devem fazer parte da sua revisão antes de estudar o assunto.

Para conseguir colocar esse conhecimento na prática, você deve desenvolver uma visão de análise para cada regra, observando todo o contexto e não apenas a fusão das vogais. Assim, escrever com o correto uso de crase será mais fácil. Portanto, conheça mais sobre as regras a seguir.

Conheça as regras para uso de crase

Em primeiro lugar, ela é a fusão de duas vogais iguais. Quando isso acontece com a letra a, ela recebe um acento grave (à), diferente do acento agudo (á).

Isso acontece quando a regência de um verbo tem a preposição a e a palavra seguinte é um nome feminino que tem como acompanhante o artigo a. Assim, um a será uma preposição e o outro será um artigo. Então, veja alguns exemplos:

  • Estou indo à igreja;
  • Gabriela chegou à escola no meio da aula;
  • Não resisti àquela torta.

Descobrir quando uso crase exige conhecer algumas regras que a envolvem. Isso porque há os casos em que nunca se deve usá-la, os que são obrigatórios e os casos especiais, as famosas exceções da língua portuguesa. Assim, veja o uso de crase no a:

  • Antes de pronomes;
  • Em horas e datas.
Regras de uso da crase
Regras de uso da crase – Imagem: Canva

Veja a crase antes de pronome

Nos pronomes de tratamento e pessoais, o uso de crase é proibido. Assim, não se coloca o acento antes de pronomes como senhoria, sua excelência, ela, ele, nós e assim por diante. Então, veja alguns exemplos:

  • Sua excelência aprovou o novo projeto de lei (sem artigo a);
  • Quero obedecer a ela (sem acento grave);
  • Pedi a ele para guardar os bolinhos do aniversário (sem crase).

Pronome possessivo

Para os pronomes possessivos adjetivos, esse uso é facultativo. Já para os possessivos substantivos, a crase jamais deve faltar. Então, veja alguns exemplos:

  • Não quero desagradar a/ à sua professora (caso facultativo);
  • Agradeci à minha amiga pela ajuda durante a prova (caso obrigatório).

Veja também: Uso de vírgula: Antes do E, Regras e Exercícios

Pronome demonstrativo

Os pronomes aquilo, aquela e aquele podem ter acento grave no primeiro a se seguirem a regra para uso de crase básica com preposição e artigo a. Veja exemplos:

  • Nós assistimos àquela série que você indicou;
  • Agora vou àquele sítio que você também visitou.

Pronomes relativos

Nos casos específicos em que os pronomes “a qual” ou “as quais” funcionam como complemento de verbo que exige a preposição a:

  • Uma série à qual assisti me ajudou a ver a história por outro ângulo;
  • As regras às quais obedecemos são importantes para a escrita.

Saiba sobre o uso de crase em horas

De acordo com a norma gramatical, o acento grave deve aparecer para indicar horas também. Portanto, veja alguns exemplos:

  • Nossa aula começa às oito horas;
  • Ontem comemos pizza às nove e meia.

Quando uso crase para falar de horário, fique atento aos detalhes que podem tirá-la da frase. Assim, depois das preposições após, para, desde, entre e até colocar o acento vai deixar sua frase errada. Veja exemplos do uso certo://

  • Após as 17h, vamos sair?
  • Fiquei em casa entre as 12h30 e 21h;
  • Estou na fila desde as 6h30 da manhã;
  • Minha consulta está agendada para 9h;
  • A lanchonete funciona até 16h.

Uso de crase em datas

Sem rodeios, quando escrever datas não deve usar a crase, porque nesse caso não acontece a situação básica para a fusão de vogais acontecer. Portanto, continue usando assim:

  • Inscrições a partir do dia 19 a 25 de novembro;
  • O evento está marcado para dia 28 do mês que vem.

Conclusão

Agora você já viu que saber quando uso crase não tem mistério nenhum e qualquer pessoa consegue aprender. Então, vamos fazer um resumo das principais regras do uso de crase.

Uma coisa que você não pode esquecer é que a crase só aparece antes de uma palavra feminina. Então, frases como “vou a pé” não se encaixam. Além disso, também não se usa em frases com preposições para falar de horas, já sem elas é obrigatório.

No caso antes dos pronomes, antes dos possessivos substantivos e em alguns demonstrativos ela é obrigatória. Já para os possessivos adjetivos, ela é opcional. Mas para os pessoais, ela está fora de qualquer hipótese.

Por fim, continue seus estudos e não deixe de usar a crase no a tanto para estar correto quanto para evitar a ambiguidade e confusão na interpretação.

Veja também: Como escrever uma crônica: Narrativa, Humorística e Dicas

Conteúdo produzido por Amanda Negreiros, estudante de Letras.

Michele Azevedo

Michele Azevedo

Idealizadora do Escritora de Sucesso, formada em Letras - Português/ Inglês, busca expandir o conhecimento de todos com informações relevantes sobre empreendedorismo digital, ideias de negócios, dicas de português e redação.Contato - Michele Azevedo Redação (42) 999479661

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.