O menino do pijama listrado ─ O que o filme retrata

O menino do pijama listrado ─ O que o filme retrata

O Menino do Pijama Listrado” é um filme de drama britânico de 2008, baseado no romance homônimo de John Boyne. O filme é dirigido por Mark Herman e conta a história de um menino de 8 anos chamado Bruno, que vive na Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Bruno, um menino curioso e inocente, acaba descobrindo o terrível segredo do campo de concentração próximo a sua casa, quando se torna amigo de um menino judeu chamado Shmuel. O filme retrata o horror do Holocausto e suas consequências devastadoras. Veja as informações do Escritora de Sucesso sobre o assunto.

O que o filme Pijama Listrado retrata?

O filme “O Menino do Pijama Listrado” retrata a história da Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial, através da perspectiva inocente de um menino chamado Bruno. Bruno vive com sua família em uma grande casa em Berlim. O pai de Bruno é um oficial nazista que é responsável por administrar um campo de concentração nas proximidades da casa da família.

Bruno é uma criança curiosa e sempre procura explorar o mundo ao seu redor. Certo dia, ele sai para dar um passeio e chega a uma cerca de arame farpado que divide seu jardim do campo de concentração. É lá que ele conhece Shmuel, um menino judeu da mesma idade que ele. Apesar da cerca que os separa, Bruno e Shmuel se tornam amigos.

O filme mostra a vida de Bruno e de sua família, e como eles lidam com as expectativas do pai em relação à sua carreira no exército nazista. Também é mostrado como a amizade de Bruno com Shmuel se desenvolve, e como Bruno começa a entender a verdadeira natureza do campo de concentração próximo a sua casa.

Veja também: Resumo do livro O Menino do Pijama Listrado ─ Fichamento, Segunda Guerra e Questões

Qual é o significado real do pijama listrado?

O pijama listrado usado por Shmuel e pelos outros prisioneiros do campo de concentração representa a desumanização e a falta de dignidade imposta a eles pelos nazistas. Durante o Holocausto, os prisioneiros dos campos de concentração eram frequentemente despidos de suas roupas e forçados a usar pijamas listrados, como uma maneira de humilhá-los e torná-los menos humanos.

Os pijamas listrados eram uma maneira de distinguir os prisioneiros judeus de outras minorias e dissidentes políticos que eram mantidos em campos de concentração. As listras eram uma forma de identificação, mas também um meio de desumanização e opressão.

No filme, o uso do pijama listrado pelos prisioneiros é um símbolo da crueldade do regime nazista e das consequências devastadoras de seu racismo e ódio. O fato de Bruno não entender o que é um judeu e não perceber que Shmuel era um prisioneiro em um campo de concentração mostra a inocência e a ignorância das crianças que cresceram em um ambiente de ódio e discriminação.

Resumo do livro Menino de Pijama Listrado
Resumo do livro Menino de Pijama Listrado – Imagem: Reprodução

Como Bruno e Shmuel morrem no livro?

No livro de John Boyne, “O Menino do Pijama Listrado”, a morte de Bruno e Shmuel é um final trágico e comovente.

Ao longo da história, a amizade de Bruno e Shmuel cresce, apesar de suas diferenças e do fato de que Shmuel é um prisioneiro em um campo de concentração. Eles se encontram regularmente na cerca de arame farpado que separa o jardim de Bruno do campo de concentração.

No final do livro, Bruno decide ajudar Shmuel a procurar seu pai, que desapareceu no campo de concentração. Eles entram no campo juntos, usando os pijamas listrados dos prisioneiros. Eles acabam sendo levados para uma câmara de gás junto com outros prisioneiros, e acabam morrendo lá.

A morte de Bruno e Shmuel é uma representação poderosa da tragédia do Holocausto e da brutalidade do regime nazista. A história nos lembra da importância de nunca esquecer os horrores do passado e de lutar contra o ódio e a discriminação em todas as suas formas.

Conclusão

“O Menino do Pijama Listrado” é um filme poderoso e comovente que retrata a brutalidade e a tragédia do Holocausto através dos olhos de uma criança inocente. O filme é uma lembrança do horror e da injustiça da Segunda Guerra Mundial, mas também é uma mensagem de esperança e amor.

A amizade entre Bruno e Shmuel mostra que, mesmo em tempos de guerra e ódio, a bondade e a compaixão ainda existem. O pijama listrado usado pelos prisioneiros no campo de concentração é um símbolo da crueldade e da desumanização imposta pelo regime nazista.

Embora o final trágico de Bruno e Shmuel seja devastador, a história nos lembra da importância de nunca esquecer os horrores do passado e de lutar contra a discriminação em todas as suas formas. “O Menino do Pijama Listrado” é uma história poderosa que nos lembra da importância de preservar a humanidade em tempos difíceis e de nunca perder a esperança.

Veja também: Resumo do livro O Menino do Dedo Verde: Desfecho e Personagens

Michele Azevedo

Idealizadora do Escritora de Sucesso, formada em Letras - Português/ Inglês, busca expandir o conhecimento de todos com informações relevantes sobre empreendedorismo digital, ideias de negócios, dicas de português, inglês e redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *